Apresentação

Este site é uma oportunidade singular, para reunir estudos, dos mais simpleces aos mais completos, dos mais específicos, aos mais abrangentes, tentando servir de ajuda a todos quantos aqui vierem em busca de conteúdos bíblicos.
.
Na grande maioria dos estudos, há uma forma específica, a de sete itens, a qual, principalmente, se mostra desafiadora na busca de argumentos favoráveis aos estudos que o esboço se propõe. Os sete itens se inspira na frequência com que este número se repete dentro e fora da Bíblia, no entanto, não trás para si nenhuma conotação mística ou supra-natural. É uma quantidade apenas, nada mais que isto.
.

Outubro de 2009

Pregações - Pregação Profética


CONSIDERAÇÕES INICIAIS...
.
motivos para estudarmos o texto
1. Conhecer melhor mais um texto na Bíblia
... Falas atribuidas a Jesus sobre sua volta
... Sabendo que inspiração não é um ditado de Deus ao escritor
... ... Lc.1:1-3... é um texto áureo sobre o que seja inspiração
... ... ... Outros escreveram sobre Jesus, e eu resolvi fazer o mesmo
... ... ... Pesquisei, ouvi, registrei testemunhas
... ... Lucas foi um dos primeiros livros considerado inspirado pelas igrejas
2. Falar da Volta de Jesus
... o que tem sido uma reclamação geral
... embora não deveríamos estar preocupados com isto
... .se somos salvos, Ele pode voltar em qualquer tempo
.. a Graça nos tem feito preparados para sua volta
3. Não ser presa fácil da dúvida
... como acontece sempre que um novo pregador inventa algo novo
... como aconteceu no tempo do dente de ouro
... muitos crentes preocupados e ansiosos sobre o assunto
4. Ajudar quem realmente queira ajuda,
... 1Pd.3:15 com mansidão e temor, respeito e seriedade
... ... não jogando pérola aos porcos
... ... os que realmente querem saber sobre o assunto
... ... Com mansidão. .. humildade, respeitando o outro... confiando no convencer do Espirito
... ... Com temor... com fidelidade ao evangelho, pregando o evangelho do Reino
... Dizer Jesus te ama/ Jesus te salva/ Jesus te cura, não é evangelho do Reino
... Evangelho do Reino é fazer o que a Lei faz, o que a Graca faz....
... ... 1.diz da situação doente da pessoa, pecadora, condenada... levar a pessoa a morrer
... ... 2.apontar Jesus, o medico, o arrependimento... levar a pessoa a nascer de novo
5. Confrontar, respeitosamente, as heresias
... "amamos, respeitamos, mas não concordamos"
... Basicamente, três pontos são básicos para isto...
... ... 1.só a fé no sacrifício vicário é suficiente para o perdão
... ... 2.só a Bíblia é a única Palavra de Deus
... ... 3.só a Graça nos prepara para a eternidade com o Senhor
... Mas muitos usam a volta de Jesus para domínio/manipulação
... ... .como marcas e sinais da besta
.. ... Estar preparado para a volta de Cristo
6. Para Desligar, não ficar ansioso, angustiado (vida abundante também nisto)
... confiar no perdão, direção do ES, ação da Graça de Deus
... ... quanto mais confiamos nisto
... ... ... menos nos cobramos, mais nos conhecemos e nos perdoamos
... ... ... menos cobramos dos outros, mais conhecemos e os aceitamos
... ... ... menos somos polícia civil, mais somos hospital espiritual
7. Estar preparado para entender outros textos bíblicos
... para melhor compreendermos todo o sermão
... ... 1. Deus habitava no templo... a destruição dele equivalia ao fim do mundo, Êxodo 35:8 - 39:43
... ... 2. “pedra sobre pedra”, provavelmente Jesus está usando os apócrifos apocalípticos que todos conheciam




(1)A INTRODUÇÃO... A Destruição do Templo, 24:1-3
1.Momento1... O que Jesus diz ao sair do templo, v.1s
DOIS FATOS...
Jesus, sozinho, já saído do templo, ia-se retirando
os discípulos se aproximaram para mostrar as construções do templo

DUAS ATITUDES DE JESUS...
admiração quando diz “não vedes tudo isto?”
instigação à curiosidade dos apóstolos: “tudo vai ser destruído”

HÁ QUEM FAÇA AS SEGUINTES CONSIDERAÇÕES
1. Jesus não ia tocar no assunto - sua volta não é assunto importante à vida cristã
Pode ser argumento para urgencia na pregação, mas nao salva ninguém
Não vos compete... talvez seja assunto mais atrapalhador que ajudador
Se Jesus nao tocasse no assunto, seu evangelho em nada seria prejudicado
É importante lembrar que para Jesus (Deus) fim do mundo era diferente para os judeus
Para eles era a instalação do Reino de Deus, com os judeus governando o mundo
Para Jesus era o fim desta era, e o início de nova era na eternidade com Deus
Talvez nem todos os Apóstolos entendiam desta forma
Pode ser que Mateus só usou isto para despertar a atenção evangelística dos judeus

2. era importante para os discípulos por causa do ambiente cultural apocaliptico judaico
Israel se sentia inferiorizada estar no dominio de Roma, pagã, idólatra (não perseguidora)
Isso pode justificar o interesse dos apostolos,
Na decepção do povo no domingo de rmos e a sexta da crucificação aos gritos
de Judas na traição, provocando a prisão do Jesus que veio libertar Israel

3. para a missao de Jesus há dois assuntos essenciais Mc. 1:15
Arrependei-vos... que sois pecadores
E crede.... no perdao suficiente na cruz de Cristo

2.Momento2
... A curiosidade escatológica dos apóstolos, v3
DOIS FATOS...
quando estava assentado no Monte das Oliveiras (mesmo dia ou não)
discípulos se aproximaram em particular (só entre eles)

DUAS QUESTÕES DOS APÓSTOLOS...
quando o templo seria destruído (era o mesmo que o fim do mundo)
que sinais antecederiam tal catástrofe (para todos se prepararem)
Mateus escreve confirmando a resposta de Jesus
Era o grande motivo para o evangelismo pelo livro que escreveria aos judeus

.
(2)Os Sinais pronunciados por Jesus, 24:4-31

OS SINAIS ESPECIFICOS... propriamente de Jesus
(embora inspirados dos apocalipticos judaicos)

1.Falsos Cristo, v4s
(dois sinais = cristos, enganados) ( tres aspectos)
1. Falsos Cristos.... titulo, enviado, messias, libertador
2.multidões enganadas por falsos cristos
..... ha uma grande vontade das pessoas se acertarem com Deus
..... mas a motivação/princípios errado tira do foco da verdade
..... ..... toma la da ca - voce tem o que pode ter ou o que merece
..... ..... a voz do povo é a voz de Deus - o que é bom pra mim é bom pra Deus
..... ..... ..... onde eu me senti bem/consciencia tranquila é o que Deus quer
3.muitos falsos ungidos se dizendo enviados por Jesus
..... Na epoca de Jesus havia mais "cristos" que em nossos dias (no judaismo)
..... ..... 150 anos antes e dpois dele, a maioria era no sentido espiritual-social
..... ..... ..... livrar Israel do domínio idolatra pagão
..... ..... ..... ( acho que Deus trabalha melhor com o ímpio do que com os salvos)
..... ..... ..... ..... em nome da fé... somos impiedosos, arrogantes, severos, ferro e fogo
..... Na idade média havia mais "cristos" que no tempo de Jesus e hoje juntos
..... .....

2.Guerras e Rumores de Guerras, v6ss...No tempo de Jesus não havia guerras nem rumores Pax Romana
Mas todos sabiam do sofrimento que elas traziam (piores que hoje - Direitos Humanos)
Na idade média as guerras eram piores e em numero muito maior
Na epoca da guerra fria os rumores eram grandes, mas guerras eram pouquíssimas
Mas para eles a quem Mateus escrevia (e foi para eles que Jesus falou "ouvireis")
Nos anos 60 os judeus se tornaram mais rebeldes
Isso promoveu muitos rumores de intervencao romana
Isso promoveu fortes intervencoes do exercito romano
Isso trouxe Tito para guerrear, vencer e destruir duramente a cidade de Jerusalem, ano 70


3.Tribulação e Perseguição, v9s... É uma continuação .................... do sinal anterior
Tribulação era geral..................... .. o resultado dos sofrimentos que a guerra produzia
Perseguição era individual....................... por causa da fé em Cristo
O cumprimento deste sinal.................... (para o evangelismo de Mateus aos judeus)

Ano 70, Tito ....................... invade e destroi Jerusalem e o templo
Alem ....................... do aspecto apocaliptico religioso dos tempos de Jesus
A ira politico-militar ....................... dos romanos era contra a rebeldia dos romanos
Os cristaos sofreram por tabela - eram vistos como uma das seitas do judaismo
Tribulacao e perseguicao
Piorava com a intensa perseguicao dos judeus


Observacoes
1.o cristianismo em si nao era rebelde aos romanos e judeus
Cristaos descontrolados eram rebeldes a Roma
Judeus descontrolados eram perseguidores dos cristaos

2.prepotencia dá motivo para perseguicao e dizem ser por causa da fe
Cristaos sao obedientes às autoridades
Cristaos andam segunda milha para quem obrigou a primeira
Crstaos dao a outra face a quem bate na primeira

3.prepotencia é achar que esta com a verdade e desobedecer a Biblia
(Com o fim justifica os meios)
Nao amar e tolerar o proximo por nao crer como cremos
Nao respeitar o direito que ele tem de ser diferente
Desrespeitar o que eu acho que não seja o melhor, justo, ideal
Queremos estar livre dos ditames de outra religiao, mas impor a da nossa

4.Falsos Profetas, v11ss...
E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.
E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.
Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo.
Mateus 24:11-13

Diferenças entre Falsos Cristos e Falsos Profetas
1. Falsos cristos tem a ver com líder político (contra domínio pagão)
2. Faltos profetas tem a ver com líder espiritual (contra desobediência)
3. "cristos" é título, enviado, messias, libertador
4. "profeta" (não vidente), pregador, proclamador, mensageiro
5. cristo tem a ver com a vida nacional secular
6. profeta tem a ver com a vida nacional religiosa
7. falsos por dizerem vindos de Deus, e estarem enganados ou mentindo


Enganarão a muitos
1. muitos já enganados
2. muitos que preferem ser enganados, e procurarão os que já sabem enganadores
3. os salvos não se enganam ou não se mantém no engano


O amor (a fé) de muitos esfriará
1. por se multiplicar a iniquidade, o engano, a decepção
2. com os salvos (pela Graça) isto não acontecerá
3. o Espírito não o deixa ser enganado... 1Jo.2:20,27

4. sua fé é dom de Deus, não depende de decepções, Ef.2:8


Quem perseverar até o fim será salvo
1. Ninguém persevera por si só
2. só o salvo, pela Graça, persevera até o fim, 1Jo.3:9

5.Evangelho do Reino pregado em todo o mundo, v14...
Trata-se do Conteúdo pregado
Este é o Evangelho do Reino
Não Evangelho das obras, hedonista, e outros atraentes ao mundo
Será pregado, informado, divulgado, vivido
Trata-se da abrangência pregada
No mundo inteiro: conhecido, o Império Romano
Para Testemunho das Nações, buscando salvação ao maior número de pessoas
Trata-se da oportunidade a todos
A Todas as nações, ninguém de fora, todos ouvirão
Então virá o fim, do mundo, da vida, a volta de Jesus


OS SINAIS GERAIS... propriamente judaico
(da cultura apocalptica judaica) v15-31...
*os alertas apocalípticos da época (literal), v15-22...

O GRANDE SINAL... a “abominação da desolação” no templo de Deus
Aconteceu em dois momentos históricos (evangelizados por Mateus)
(1)150 aC. Um dos Generais de Alexandre o Grande – Antioco Epifânio (Síria)
Dominou Israel (rebelde) depois dos Ptolomeus (Egito)
Livros de Macabeus, início dos apocalípticos judaicos
Entrou no santo dos santos, matou porcos, aspergiu sangue
Fo o grande sinal de fim do mundo

(2)70 dC. O principal General Romano, Tito, destrói Jerusalém e o templo
Expulsa os judeus (e os cristãos)

Orientações apocalípticas ante este grande sinal
v16 Então, os que estiverem na Judéia, fujam para os montes;
v17 E quem estiver sobre o telhado não desça a tirar alguma coisa de sua casa;
v18 E quem estiver no campo não volte atrás a buscar as suas vestes.
v19 Mas ai das grávidas e das que amamentarem naqueles dias!
v20 E orai para que a vossa fuga não aconteça no inverno nem no sábado;
v21 Porque haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver.
v22 E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias.
*os alertas e orientações de Jesus (adaptado), v23-28...
V23 Então, se alguém vos disser: Eis que o Cristo está aqui, ou ali, não lhe deis crédito;
V24Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos.
V25 Eis que eu vo-lo tenho predito.
V26 Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto, não saiais. Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis.
V27 Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até ao ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem.
V28 Pois onde estiver o cadáver, aí se ajuntarão as águias.
*os alertas apocalípticos do fim (literal), v29-31...
29 E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas.
30 Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem; e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão o Filho do homem, vindo sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória.
31 E ele enviará os seus anjos com rijo clamor de trombeta, os quais ajuntarão os seus escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus.


.
(3)Ilustrações ditas por Jesus, 24:32-25:30
Características da Parábola, principalmente em Jesus
1.um caso usado para facilitar a compreensão do que se estava ensinando
2.é puramente uma ilustração muito simples, com um ensino final
3.fato corriqueiro, possível de ter ocorrido, mas não necessariamente
3.não exigia muito raciocínio, pois era cotidiano demais para os ouvintes
4.com dois ou mais ensinos se só o ensinador prefeir (do Semeador, por exemplo)
5.não pode ser usado como fundamento teológico de algum ensino
6.mas pode ser usado como luz, ilustração, de algum ensino (como o Rico e Lázaro)
7.sempre entendido de acordo com o contexto onde foi citado pelo ensinador

1.A Figueira indica a chegada do verão, v32-35...32. Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão.
33. Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas.
34. Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam.
35. O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.
Mateus 24:32-35

A ILUSTRAÇÃO...
O nova folhagem das figueiras, demonstra que o período encalorado está próximo de chegar (v32)
... algo muito comum em Israel, isso acontece por volta de fevereiro e março, final da primavera
... naquela época não havia relógio, internet, e pouquíssimas pessoas sabiam ler
... as pessoas viviam de observação de detalhes naturais para saber horas, estações, etc.

O ENSINO PRIMÁRIO...
Os sinais ditos por Jesus e o sinal apocalíptico-judaico alertam sobre o fim do mundo e a volta de Jesus
... os sinais de Jesus: anticristos, guerras, tribulação, falsos profetas, evangelho do reino
... o sinal judaico... a abominação da desolação

OS ENSINOS SECUNDÁRIOS... três ensinos entre outros
... (1)para Jesus ainda não havia acontecido, mas estava prestes a acontecer aqueles sinais (v34)
... (2)”geração”, para os judeus era a ideia de 40 anos (Moisés antes, durante e após o deserto)
... (3)Mateus aponta: Jesus com 30 anos + geração 40 anos = ano 70, destruição de Jerusalém e o templo

2.Os dias de Noé indicam a surpresa a todos, v36-42... EXPLICAÇÃO DA PARÁBOLA
36. Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.
37. E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem.
42 . Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor.

A PARÁBOLA
38. Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca,
39. E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem.

APLICAÇÃO DA PARÁBOLA NO ASSUNTO APOCALIPTICO
40. Então, estando dois no campo, será levado um, e deixado o outro;
41. Estando duas moendo no moinho, será levada uma, e deixada outra.

42 Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor.
Mateus 24:36-42

3.O Pai de Família indica a vigilância, v43-44...A PARÁBOLA
43. Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa.


EXPLICA A PARÁBOLA
44. Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis.

3.O Bom e Mau Mordomo, v45-51...
O BOM MORDOMO

45. Quem é, pois, o servo fiel e prudente, que o seu senhor constituiu sobre a sua casa, para dar o sustento a seu tempo?
46. Bem-aventurado aquele servo que o seu senhor, quando vier, achar servindo assim.
47. Em verdade vos digo que o porá sobre todos os seus bens.

O MAU MORDOMO
48. Mas se aquele mau servo disser no seu coração: O meu senhor tarde virá;
49. E começar a espancar os seus conservos, e a comer e a beber com os ébrios,
50. Virá o senhor daquele servo num dia em que o não espera, e à hora em que ele não sabe,
51. E separá-lo-á, e destinará a sua parte com os hipócritas; ali haverá pranto e ranger de dentes.
Mateus 24:43-51


4.As dez virgens indica a prudência, v1-13...



5.Os talentos indicam o julgamento final, v14-46...

































Pregações - Carta aos Romanos

Romanos... Paulo, 56 dC, em Corinto, final da Terceira Viagem Missionária


MOTIVOS PARA PREGAR ESTA CARTA

1.carta da maturidade cristã, teológica e ministerial de Paulo
mostra isto, a escatologia em 1Ts.4:13-17 (ano 51dC) e Fp.1:21-23 (59dC.)
2.João resume os objetivos da Bíblia, Romanos resume o ensino da Bíblia
        João... Jo.3:16 por amor Deus fez o maximo para salvar a todos, fez-se e mandou-se
        Rm.  Veremos: 1.o que Deus faz para salvar, 2.o que faz para preparar o salvo para o céu 
3.Jesus é o marco do entendimento da Bíblia, Romanos é a melhor explicação de Jesus
       Jo.5:39... Examinais Escrituras: AT. A vinda como Messias, NT a vida como Senhor Salvador
      (quem conhece Romanos, tem bom explicador sobre tudo na Bíblia e em Jesus)


INTRODUÇÃO:

elogios a eles (1:1-15),

v1... sobre Paulo: 

servo de Jesus, chamado Apóstolo (=enviado) e separado para o evangelho
1 Paulo, servo de Jesus Cristo, chamado para ser apóstolo, separado para o evangelho de Deus,

... a carta era um rolo... emitente e destinatário nas primeiras linhas
... Paulo apresentava-se a uma igreja que não o conhecia...  sua autoridade apostólica
... Paulo... certezas ousadia autoridade chamada testemunho pregacao lideranca


TRÊS MARCAS EM PAULO QUE NOS DESAFIAM
(sete atitudes que iluminam nosso relacionamento com Deus)
UM... a disponibilidade voluntária... Servo de Jesus
(1)Deus convoca mas não obriga, livre arbítrio, a pessoa, Ele respeita, cresce mesmo lento
(2)Paulo abraçou a convocação,  vontade pessoal, prazer pessoal de fazer a Vontade dEle


DOIS... a autoridade espiritual... Chamado Apóstolo
(3)apóstolo quer dizer: enviado, comissionado, determinado a uma missão especial
(4)para Paulo era suficiente para agir com lideranca espiritual sobre as igrejas no mundo
... nao conhecia a igreja em Roma, mas escreveu com excessiva autoridade apostólica 


TRÊS... a convicção... separado para o Evangelho
(5)tinha certeza de seu encontro com Jesus    seu perdão    sua salvação 
(6)tinha certeza de sua indignidade,   sua incapacidade de mudar a situação e perdão 
(7)mas a certeza de sua dívida com Deus para pregar aos gentios
         Este entendimento orientou sua vida, seu pensamento, projetos e cotidiano


v2-6... sobre Jesus:

apontado no AT (v2), rei humano (v3), rei divino (v4), comissionador (v5), chamador (v6)
2 que ele antes havia prometido pelos seus profetas nas santas Escrituras,
3 acerca de seu Filho, que, humanamente, nasceu da descendência de Davi,
4 e com poder foi declarado Filho de Deus segundo o Espírito de santidade, pela ressurreição dentre os mortos, Jesus Cristo, nosso Senhor.
5 Por meio dele recebemos graça e apostolado, por causa do seu nome, a fim de conduzir todos os gentios para a obediência da fé,
6 entre os quais também sois chamados para ser de Jesus Cristo.

... Já dava o sentido doutrinador da carta (sobre Jesus)
... Não sabiam muito sobre o Salvador que criam 
              (ainda hoje é assim – influência paganismo)
              Doutrina é chato e seguro - casos são  agradáveis  ensino duvidoso
... Para este momento, Paulo lembra 4 marcas muito ativas....
            (profetizado, pregado, não-determinado, não-previsto, mas pre avisado por Deus...v2)
                         Prometido, informado que mandaria
            V3... Jesus era como um rei humano, imperador, dono de todas as vidas, um César
                        Este era o sentido que a Biblia sava para o rei.... 1 Sm. 8:10-17
                        No tempo de Jesus isto estava maior, no exemplo de Cesar

            V4... Jesus era como um rei divino, muito maior que o humano, mais que César 
                         Soberano no universo, sobre a natureza, terremoto, trovão, tempestades mar

           V5... Jesus era tudo isto e comissionador dos seus suditos fiéis ou não 
                        Autoridade para dizer suas vontades e ser obedecido
                       Nisto havia comissionado Paulo para pregação aos gentios
                                  Assim era devedor a gregos e bárbaros - Rm.1:14

           V6... Jesus era tudo isto e busca mais súditos para Seu Reino, Chamador
                      Por isso 
                                1. Ele deixa as suas no curral e vai buscar as desobedientes
                               2. Nos manda pregar o evangelho em tempo e fora de tempo
                              3. Orienta que devemos deixar tudo que escandalize, mesmo que licito
                             4. Afirma que uma alma vale mais o mundo inteiro
... Paulo dá quatro argumentos para a autoridade de Jesus
             Para ele mesmo se sentir comissionado, pregador devedor
             Para  tudo que haveria de ensinar na carta
                      1. Jesus tinha autoridade dum rei humano
                      2. Tnha autoridade de um soberano universal, deus dos deuses
                     3. Usou toda autoridade para comissionar
                     4. Usou tudo isto para salvar o maior numero possivel


v7-15... sobre a igreja:

Itens em Paulo para melhor compreender este momento da carta:
Maduro, uns 57 anos, uns 25 de conversão, uns 10 de ministério
Convicção: "não aprendi com Apóstolos" Gl.1:1
Tinha muita propriedade em falar sobre igreja de Cristo
Conhecia e conviveu muito com Joio e Trino nas igrejas
Tinha carinho muito grande com a igreja de Filipos
Para Corinto: "dou graças, nunca batizei nenhum" 1Co.1:14
Confiado totalmente no poder e ação da Graça sobre a igreja

v7 igreja de: 
          1.amados de Deus,
Amados ao máximo por Deus, Jo.3:16 (q deu Seu Filho)
A pesar de tudo, a rejeição, imperdoável, deliberadamente
Mesmo após o novo nascer, tudo pra não pecar
"dos pecadores eu sou o principal", 1Tm.1:15
de direito e de fato, 
queridinhos, filhos de papai

          2.chamados para serem santos: 
Chamados para um dia de noiva ... + cirurgia plástica - Ef.5.25ss
Ilustrado no servo de Abraão buscando uma esposa para Isaque
Processo de Santificação 
Rm.8:29... “predestinado” para isto... o resto é consequência 
“Convidados”... para darmos permissão a esta mudança (duas formas)
Forma intácita... implícito, (Ex. amo, ela sabe, não falo)
Forma tácita... Explícito, (Ex.falo, canto, vivo) assumo publicamente
“se dissermos sim”... Nos chama e nos leva , conduz, carrega,
“somos Santos”... não pelo que somos durante o processo
mas pelo que Ele fez: nos perdoou todo pecado
Sem esta declaração Ele não faz nada (por mais que a gente queira)
No Direito é assim, sem a procuração não há advogado
Quantos aqui já disse isto claramente a Deus... Senhor eu renuncio, me muda

          3.”saudação”: Graça e paz da parte de Deus nosso Pai
(sei "que Deus esteja operando em vocês Graça e Paz")
Graça: conjunto (kit) de ações operatórias, mudadoras
Perdão... 
Regeneração... 
Fé...
Espírito... 

e Paz: Ele tem produzido três níveis de paz em nós
(1)”Interior”... vida abundante, Jo.10:10 (harmonia consigo)
(2)”Exterior”... bem aventuranças, Mt. 5 (harmonia com os outros)
... fruto do Espírito, Gl.5:22
(3)”Superior”... harmonia com Ele, sem guerra, atrito
Rm.5:1...
Rm.8:1...
Cl.2:13s... 

v8 Dou graças a Deus, por todos vós, ................. 
Três considerações sobre esta declaração de Paulo, sobre a Igreja em Roma
(1)Paulo tinha uma grande maturidade existencial/espiritual sobre dificuldades e bondades
... Ele usava ótimos óculos de beija-flor
... ... aos Tessalonicenses (em 51 dC) ele disse: “Em tudo dai graças” (5:17)
... ... nesta carta (em 56 dC) diz: Deus faz tudo contribuir para o bem dos salvos (8:28)
... ... aos Filipenses (em 60 dC) diz: “tolero” tudo e todos, Cristo me fortalece (Fp.4:13)
... ... ... isso se chama olhos de beija flor

... ... ... confiança, não nas pessoas, mas na acao da graça nelas
... ... ... com todos nossos defeitos, é o melhor lugar do mundo, a arca

(2)Paulo compreendia que a igreja de Cristo é formada por trigo e joio
... Entendia que a igreja é um hospital, menos doentes cuidando de mais doentes
... ... aos Coríntios I, (ano 55/56 dC) ele chama de naturais, espirituais e carnais (2:14s, 3:1)

... ... nesta carta (em 56 dC) ele menciona crentes fortes e fracos/enfermos (14:1)
... ... ... hospital... um essencial ao outro existencial espiritual

(3)Paulo sabia três coisas fundamentais sobre a Graça na igreja de Cristo
... (1)todo homem, por si só, é natural, com obras da carne, desobediente, nunca justo
... (2)a Graça, paulatinamente, está fazendo o salvo ser agradável a Deus, como Jesus
... (3)o joio não nasceu de novo, não é melhorado pela Graça, é um travesti religioso
... ... Inconscientemente... estão e brigam pela doutrina da salvação pela fé
... ... conscientemente... estão e brigam por doutrina da perda de salvação

... ... ... Havia joio e trigo 
................. nunca esqueco disto ... quatro tipos de membros
... ... ... Trigo maduro e imaturo, 
... ... ... joio maduro e imaturo
.
O Motivo para a Gratidão
................. testumunho cristão
pois em todo o mundo é anunciada a vossa fé. 
Há dois méritos importantes nesta situação abençoadora

... 1.o mérito da Graça de Deus naquela igreja e membros
... ... só a Graça nos pode fazer cristãos verdadeiros capazes de dar testemunho real
... ... ... para sermos bênçãos por onde passamos e indo mais além
... ... ... ... na igreja, família, trabalho, sociedade... entre conhecidos e desconhecidos
... ... ... nos fazendo superar nossas naturais deficiências humanas
... ... ... ... Rm.3:10-17: impiedade, indiferença, ignorância, violência, obras carne (Gl.5:19s)
... ... ... nos concedendo itens essenciais para sermos novas criaturas (2Co.5:17, Gl.2:20)
... ... ... ... fé (semente, Ef.2:8, 1Jo.3:9), Espírito (At.2:38, Rm.8:14,26, Gl.5:21, 1Co.13:4-7)
... 2.o mérito dos salvos naquela igreja... são dois "QUERER" essenciais
... ... Primeiro, o Querer o perdão de Deus, de verdade...
... ... ... Jesus apela para que busquemos, queiramos o arrependimento, Mt.4:17, Jo.3:3
... ... ... aos que obedecem, é dado as duas coisas essenciais para a salvação, Mc.1:15
... ... ... ... a fé (Ef.2:8) e o arrependimento (At.11:18)
... ... Segundo, o Querer ser maleável pela Graça




》》》 nao sou Paulo, tenho dado gracas a Deus por vos



v9 Sempre menciono o testemunho de vós, 

................. conversas, ilustração de pregacao


Ha uma ideia de alegria, prazer, satisfacao espiritual


Deus é testemunha, .................comprovacao definitiva, hoje nem tanto






v10 oro para que Deus me ofereça boa ocasião para ir ter convosco.





11 desejo muito ver-vos, para vos comunicar algum dom espiritual,

a fim de que sejais fortalecidos;






12 que juntamente convosco eu seja consolado em vós

pela fé mútua, vossa e minha.






13 saibam, que muitas vezes propus visitar-vos

(mas até agora tenho sido impedido),


para conseguir algum fruto entre vós,


como também entre os demais gentios.






14 Eu sou devedor,

tanto a gregos como a bárbaros,


tanto a sábios como a ignorantes.






15 De modo que, quanto está em mim,

estou pronto para anunciar o evangelho


também a vós que estais em Roma.





e o resumo da carta toda (1:16-17)



O que Deus faz pra salvar

 o maior número possível de pessoas –cap.1-5        (v16)

1)na Justiça, judeus e gentios são condenados ao inferno –1:18-3:20

2)no amor, por Jesus na cruz, Deus salva o maior número –cap. 4-5



O que Deus faz pra preparar 

bem, o homem para Ele no céu (cap.6-8)           (v17)

1)tira o poder dominador do pecado de sobre o seu eleito –cap.6

2)tira o seu eleito de toda condenação que a Lei promove –cap.7

3)pelo Espírito, age no eleito, santificando e dando certezas –cap.8



Parênteses:

 Israel e gentios estão perdidos, carecem de salvação –cap9-11

Testemunho que Deus espera do Seu povo transformado, em relação a:

irmãos(12:1-2), igreja(12:3-8), sociedade(12:9-21), governo(13:1-14)



Orientações finais,

para o crente se relacionar bem com toda Igreja...

1)não julgue os outros irmãos nas suas fraquezas pessoais –14:1-12

2)não prejudique a caminhada e serviço dos outros irmãos –14:13-23

3)conclusão...queira sempre imitar Jesus na vida da Igreja –15:1-13



Final: 

planos, saudações e exortações de Paulo a todos – 15:14-16:27






Existencial

Esboço 01
Passos para resiliencia
nao é  rejeitar ou ignorar as emoções negativas, 
é apenas não permitir que elas controlem voce
(1)manter o foco no futuro
(2)manter-se motivado
(3)investir em seus relacionamentos
(4)redescobrir o que dá prazer
(5)Ficar atento às necessidades dos outros
.
.
Esboço 02
Cinco dedos características para o sucesso
(1)polegar... identidade... se eu sei quem eu sou
(2)indicador... visão... e sei onde quero chegar
(3)maior... comunicação... me ajuda a me comunicar com clientes e fornecedores, sem ofender eles
(4)anelar... aprendizado... sempre, constante,

(5)miudinho... persistência... nunca desistir, sabia que estava certo nos dedos anteriores, dedo do detalhe

Parábolas

Esboço 01
Características da Parábola, principalmente em Jesus
1.um caso usado para facilitar a compreensão do que se estava ensinando
2.é puramente uma ilustração muito simples, com um ensino final
3.fato corriqueiro, possível de ter ocorrido, mas não necessariamente
3.não exigia muito raciocínio, pois era cotidiano demais para os ouvintes
4.com dois ou mais ensinos se só o ensinador prefeir (do Semeador, por exemplo)
5.não pode ser usado como fundamento teológico de algum ensino
6.mas pode ser usado como luz, ilustração, de algum ensino (como o Rico e Lázaro)
7.sempre entendido de acordo com o contexto onde foi citado pelo ensinador